A FESTA DA DEMOCRACIA

por  José João Torrinha

Advogado

Presidente da Assembleia Municipal

Ao longo de quase cinquenta anos, muitos homens e mulheres sacrificaram a sua liberdade, a sua integridade física e alguns até a sua vida para que hoje todos nós possamos decidir coletivamente o nosso futuro, sem peias, sem medos, em total liberdade.

A simples gratidão de que esses homens e mulheres são credores, deveria fazer com que todos encarássemos o voto não somente como um dever cívico, como se costuma dizer, mas igualmente como uma retribuição a todos eles e ainda como um ato de quem toma o futuro nas suas mãos e não deixa que o mesmo seja definido por terceiros.

No passado dia 1 de outubro, celebrou-se, uma vez mais, a festa da democracia, em mais um ato eleitoral autárquico. Ora, um pouco por todo o país, mas com especial expressão em Guimarães, é de registar o aumento da participação dos nossos concidadãos eleitores, invertendo uma tendência de afastamento que se tem acentuado à medida que o nosso regime democrático se foi consolidando.

O aumento de votantes em Guimarães foi, assim, uma das notícias positivas que aquele fim de tarde e noite nos trouxeram. Porque mostrou que a campanha foi mobilizadora, porque as pessoas se sentiram motivadas a fazer as suas escolhas, porque não quiseram entregar o seu futuro em mãos alheias. A taxa de abstenção será já aquela sonhada por todos? Seguramente que não. Mas não deixa de significar uma tendência positiva.

E agora? Como fazer com que essa descida da abstenção se mantenha? Aí os responsáveis políticos assumem uma responsabilidade acrescida, pois que é muito do que eles fazem que pode atrair ou afastar os cidadãos da participação na vida pública.

Uma primeira tarefa que devem assumir tem a ver com a proximidade com os eleitores. Na campanha não raras vezes se ouve que os políticos só aparecem de quatro em quatro anos. Muito embora em muitos casos essa seja uma ideia feita sem correspondência com a realidade e que se repete acriticamente, a verdade é que uma governação próxima dos eleitores é fundamental para que estes acreditem que quem tem responsabilidades encara a obtenção do poder não como um fim em si mesmo, mas como um meio de contribuir para melhorar a qualidade de vida de todos.

Por outro lado, é fundamental que o debate político decorra de forma leal, séria e a um nível elevado. Nesse aspeto, salvas algumas exceções, estou em crer que, em Guimarães, as coisas correram bem, que o debate foi esclarecedor e mais centrado no apresentar das propostas de cada um, do que em desmerecer o adversário. Pela parte que me toca, e pelo partido pelo qual me candidatei, tenho a certeza que assim foi, o que reforça a nossa satisfação, não só pela vitória, mas pelo facto de ela ter sido conseguida de forma clara e transparente.

Tendo o debate decorrido ao nível que acabei de descrever, com cabal esclarecimento dos eleitores, naturalmente que sai valorizado o resultado da força mais votada, o que igualmente registo com muita satisfação.

A forma como decorreu a campanha eleitoral significa ainda um desafio para a forma como decorrerão os trabalhos da próxima Assembleia Municipal. Deseja-se que, naquela que é a casa da democracia por excelência no nosso concelho, o debate decorra de forma aprofundada, viva, entusiasmante e centrada nas propostas e ideias que as várias forças políticas têm para o concelho. Anseia-se por um debate menos crispado, mas mais rico, menos agressivo, mas mais produtivo. Estou certo que os vimaranenses concordarão com isto. Pela minha parte, nas novas funções para as quais conto ser investido, não deixarei de dar o meu contributo.

Se assim fizermos, estou certo que daremos um contributo importante para o aumento da participação eleitoral em 2021 e estaremos a honrar a memória daqueles homens e mulheres a que comecei por me referir.

Esta semana, um deles deixou-nos, o Engº Eduardo Ribeiro, pessoa que conheci ainda bem pequeno por ser amigo dos meus pais e alguém que estes muito prezavam. Contribuir para um processo democrático livre, justo e agregador é prestar, também a ele, grande combatente pela liberdade, a melhor das homenagens.

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?