AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRITEIROS RECEBE PARCEIROS DO ERASMUS +

O Agrupamento de Escolas de Briteiros, participar num projeto internacional, no âmbito de um programa de ação no domínio da aprendizagem ao longo da vida ERASMUS+ designado “Opening Doors to Europe”.

Com este projeto pretende-se abrir portas e oportunidades, não só no que diz respeito ao empreendedorismo, mas também valorizar a diversidade cultural e linguística e, desta forma, promover as necessárias competências sociais para o exercício de uma cidadania europeia. Estes encontros proporcionam, a alunos e professores dos diferentes países, a oportunidade única de trabalhar um ou mais campos temáticos de interesse mútuo de uma forma colaborativa e partilhada.

Neste projeto participam, para além deste agrupamento, o agrupamento de escolas André Soares, em Braga, as escolas  Hansa-Gymnasium, em  Stralsund, na Alemanha, Linåkerskolan, em Svalöv, na Suécia, Gimnazjum nr 1 Lebork, em Lebork, na Polónia  e Institution Sainte-Chrétienne, em Sarreguemines, na França.

Na sequência das atividades que se têm vindo a desenvolver, as escolas portuguesas recebem os seus parceiros entre os dias 6 e 10 de março de 2017. O grupo é constituído por cerca de 50 alunos que ficarão em casas de famílias portuguesas, e 20 docentes, oriundos das diferentes escolas.

Ao longo da semana serão dinamizadas diversas sessões de trabalho escolar bem como de atividades sociais.

As atividades com alunos, incluirão workshops de barro, azulejos e dança, atividades desportivas, visita ao estádio municipal de Braga, visitas culturais às cidades de Braga, Guimarães e Porto. Os participantes terão ainda a oportunidade de contato com aspetos culturais, sociais e empresariais através da visita guiada ao Museu da Cultura Castreja e Citânia de Briteiros, às empresas sediadas no Ave Park, à empresa de cutelaria Herdmar, e à APPCDM, em Braga.

A visita terá o seu ponto alto, no dia 9 de março, com o jantar convívio onde se reunirão alunos, professores e pais, num momento de confraternização entre todos os participantes envolvidos para partilha de vivências e experiências.

Em declarações, Luís Morais afirma “estamos certos de que esta convivência com outras culturas, com outros sistemas de ensino, com outras mundividências é bastante positiva para os nossos alunos. Num mundo cada vez mais globalizado, a capacidade de lidar com a diversidade, é uma aprendizagem fundamental para o seu futuro enquanto cidadãos europeus”.

Foto: DR

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?