APOIO POLÉMICO À ASSOCIAÇÃO JOVIDÉM

Na reunião de Câmara desta quinta-feira, foi aprovado a atribuição de um subsídio no valor de 35 mil e 600 euros à Associação Jovidém – Jovens de Pevidém.

A verba visa garantir a continuidade do projecto Tabu e foi aprovada com os votos do PS e a abstenção de todos os outros vereadores. Apesar da abstenção que, todos os vereadores, com especial destaque para o vereador da CDU apresentaram reservas relativamente a esta proposta. Para Torcato Faria há uma grande diferença entre o apoio que esta associação agora recebe e aquilo que ´´e dado ao abrigo do regulamento a outros grupos teatrais. Sem desmerecer o projecto e reconhecendo-lhe o valor social, o vereador da CDU lembra que “a cultura também pode ter uma componente social”, argumentando contra o facto de o projecto ser apresentado pela acção social da Câmara e não pela cultura. Segundo Ricardo Araújo, do PSD, o que está em causa é a disparidade do apoio financeiro. Para Paula Oliveira, vereadora responsável pela acção social, as críticas não fazem sentido, porque este é um de sete projectos do orçamento participativo a que foi dada continuidade. Para a vereadora a comparação entre os apoios dados neste âmbito e outros dados no âmbito da cultura não fazem sentido.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?