ASSEMBLEIA POPULAR DA CALDEIRÔA

Realiza-se, no sábado, dia 14 de outubro, pelas 16h00, na travessa da Caldeirôa, a oitava Assembleia Popular da Caldeirôa.

Interior do quarteirão de Camões/Caldeiroa

Em discussão vão estar a defesa da criação de um jardim público em vez de um parque de estacionamento e a proteção dos morcegos e da biodiversidade naquele quarteirão. A Assembleia está aberta à introdução de outros temas de interesse.

A Assembleia Popular da Caldeirôa foi constituída, em julho de 2016, por um conjunto de pessoas preocupado com o resultado para o bem-estar comum da construção do parque de estacionamento de Camões no interior do quarteirão delimitado pelas ruas de Camões, Liberdade e Caldeirôa.

À medida que o tempo avança o processo parece cada vez mais irreversível. Embora membros da Assembleia Popular e o Bloco de Esquerda acusem o presidente da Câmara de estar a ocultar um parecer do ICOMOS (Comissão Nacional Portuguesa do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios), encomendado pela própria Câmara e que, ao que parece, seria contrário à construção do parque. Dentro do interior do quarteirão existe uma área muito grande sem qualquer construção arquitetónica composta por imensas árvores inclusivamente fruteiras.

O Mais Guimarães fez um pedido à Câmara para consultar o estudo do ICOMOS, a 18 de setembro. Até à data não foi facultado o acesso ao estudo, nem tão pouco foi dada confirmação da existência do mesmo.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?