CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA O SARAMPO

Alguns centros de saúde e unidades de saúde familiar do concelho de Guimarães, à imagem do que acontece por todo o país, estão a telefonar aos utentes para serem vacinados contra o sarampo.

Considerando o aumento do número de casos de sarampo notificados na Europa desde 2016 e a ocorrência de atividade epidémica em Portugal em 2017, “é importante reforçar a vacinação contra o sarampo de crianças e adultos que não cumpram as recomendações do Programa Nacional de Vacinação (PNV) 2017”, diz a norma da Direção Geral de Saúde que dá inicio a uma campanha de “vacinação de repescagem”.

Os alvos desta campanha são crianças e adultos, “sem história credível de sarampo que cumpram os seguintes critérios: serem menores de 18, profissionais de saúde, independentemente da idade, adultos nascidos a partir de 1970.

A norma também estabelece os critérios para a repescagem e convocatória dos utentes e as metas de cobertura que devem ser atingidas. Nos menores de idade a prioridade vai para o grupo de um a quatro anos, não vacinados, seguidos do grupo dos cinco aos 17 anos, primeiro para os não vacinados e depois os vacinados com uma dose. Entre os adultos nascidos depois de 1970 serão convocados primeiro os que têm entre 18 e 30 anos e mais tarde os que estão entre 31 e 47 anos.

O programa será objeto de uma avaliação intercalar em setembro deste ano.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?