COMER PEIXE, COMER BEM, VIVER MELHOR

por Mário Moreira

Durante os anos 90, eram pescados, nos oceanos de todo o mundo, mais de 100 milhões de toneladas de peixe por ano. Se a estes valores acrescentarmos mais de 20 milhões de toneladas de peixe produzido em viveiro, o consumo mais de 110 milhões de toneladas de peixe, diz bem do seu significado e importância para a vida humana. Comer peixe, para além dos seus benefícios saudáveis, é simplesmente delicioso. Hoje, não só não nos intimidamos a comprar, preparar e confecionar peixe, como aprendemos a reconhecer o peixe fresco pelo seu cheiro saudável a mar e também descobrimos que pode ser uma das comidas mais fáceis de preparar, que pela sua enorme versatilidade, pode ser; assado, grelhado, cozido, cozido ao vapor, grelhado no carvão, frito, escalfado ou confitado. Aprendemos a não o cozinhar demais, bem como a preparar um molho, simples ou elaborado, para realçar ainda mais o seu delicado sabor.

Portugal tem uma riqueza piscícola inigualável.

Esta realidade faz com que Portugal seja o país da Europa onde se come mais peixe, designadamente, duas vezes mais do que Espanha.

Infelizmente, esta tendência, não se verifica nas gerações mais jovens. Também lamento o facto de há uns vinte anos, um célebre (pela negativa) um 1º ministro de Portugal tenha apelado (com sucesso) com muito dinheiro, para a destruição de muitas dezenas de embarcações, da nossa frota pesqueira, quando temos uma das maiores e importantes riquezas do planeta e somos dependentes do exterior, na nossa alimentação. Isquezófrenias à Portuguesa.

O peixe é um excelente fornecedor de proteínas de grande qualidade, como a carne, mas mais pobre em gordura. A grande maioria dos peixes é magra contendo menos de 4% de gordura e mesmo os peixes gordos contêm pouco mais de 10% de gordura – o peixe é por tudo isto de digestão mais fácil.

Aconselha-se a redução na utilização de sal, privilegiando o azeite e as ervas aromáticas. Evite os fritos e os molhos gordos à base de natas, maioneses e manteigas. O peixe congelado ou fresco no alto mar é de excelente qualidade. Devemos comer peixe pelo menos 4 vezes por semana.

Nem todas as receitas são perfeitas ou 100% saudáveis, mas afinal, todos temos o direito a uma pequena asneira de vez em quando e faz parte. Também é qualidade de vida.

 

BACALHAU COM TODOS

Ingredientes e forma de confeção para 4 pessoas:

 

Num tacho com água a ferver com uma folha de louro, uma colher de sopa de azeite uma colher de sobremesa de sal. Tempere com pimenta. Coloque 300 gr de couve-portuguesa, 10 batatas cortadas ao meio, 5 cenouras cortadas ao meio e 4 ovos. Coloque 4 postas de bacalhau, só quando estiver tudo a ferver. Cozer 300gr de grão num tacho à parte, devidamente, demolhado e limpo. Escorrer e empratar a gosto. Aqueça uma porção generosa de azeite com uma dente de alho esmagado com casca, retire-o, adicione gotas de vinagre e sirva a acompanhar o bacalhau.

Bom apetite!

Um abraço gastronómico!

 

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?