ESCOLA DE MOREIRA DE CÓNEGOS LIDERA TOP DISTRITAL DA “GERAÇÃO DEPOSITRÃO”

A escola EB 2,3 Virgínia Moura, de Moreira de Cónego, lidera o pódio do distrito de Baga da 9.ª edição Geração Depositrão, que recolheu cerca de 413 toneladas de resíduos eletrónicos e pilhas em fim de vida em Portugal, o que se traduz num donativo superior a seis mil euros a entregar à Operação Nariz Vermelho, parceira desta campanha.

Durante o último ano letivo, só as escolas do distrito de Braga conseguiram reunir 18 mil quilos de resíduos eletrónicos e pilhas em fim de vida. Os estudantes e professores participaram na 9.ª edição da “Geração Depositrão” – campanha que decorreu em todo o país e envolveu 900 escolas e outras entidades. Os resíduos angariados permitiram alcançar um donativo superior a seis mil euros, a ser entregue à Operação Nariz Vermelho.

“Agradecemos a todas as escolas e entidades da ‘Geração Depositrão’, que contribuíram arduamente para ajudar os ‘Doutores Palhaços’ a levarem alegria a mais de 41 mil crianças hospitalizadas, em 14 hospitais pediátricos do nosso País”, destacou Magda Ferro, da Operação Nariz Vermelho.

No distrito de Braga, o destaque vai para a escola EB 2,3 Virgínia Moura, em Moreira de Cónegos, já que foi a que mais resíduos e pilhas angariou. Os outros dois lugares do pódio são ocupados por estabelecimentos de ensino do concelho de Vila Verde – em segundo lugar, a Escola Profissional Amar Terra Verde e em terceiro a EB de Moure e Ribeira do Neiva, na freguesia de Moure. No distrito de Braga, foram recolhidos mais de 400 televisores e monitores, entre outros resíduos, como máquinas de lavar, frigoríficos ou pilhas.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?