GUIMARÃES PODERÁ VIR A TER UM MUSEU MILITAR

Quem o afirmou foi o presidente da Câmara de Guimarães, em resposta ao repto lançado pelo Coronel Vareta, em nome da Comissão de Lanceiros de Guimarães, que no sábado, dia 9, comemorou os 50 anos dos Esquadrão de Lanceiros Norte, ao mesmo tempo que realizou o seu habitual encontro de natal.

Durante o almoço, em que se reuniram 160 antigos militares da especialidade de Polícia do Exército, depois de uma cerimónia evocativa dos camaradas mortos, no memorial da Penha, o presidente da Câmara dirigiu-se aos antigos militares. Com os olhos postos na divisa da Polícia do Exército, “Ajudar a Cumprir”, o presidente afirmou que “gosto muito deste lema”, e relativamente à vontade da Comissão de Lanceiros instalar um museu militar em Guimarães, o presidente afirmou, “ajudem-me vocês a cumprir, vamos trabalhar juntos”.

A vontade de instalar um museu militar na cidade berço nasce da necessidade de expor o vasto espólio, de elevado valor histórico e patrimonial, de um dos seus elementos. Cláudio Monteiro reuniu ao longo de anos peças militares referentes às diversas armas do exército, das mais diversas especialidades e de diferentes épocas. Entre viaturas reconstruidas, equipamento, emblemas há também uma biblioteca, nomeadamente com registos referentes ao Regimento de Infantaria 20, que em tempos esteve quartel no Paço dos Duques.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?