GUIMARÃES VAI RECEBER OS DEZ FINALISTAS DO FESTIVAL DA CANÇÃO 2018

A final vai ser disputada no Multiusos de Guimarães, a 04 de março.

O Multiusos de Guimarães, palco escolhido pela RTP para receber o Festival da Canção de 2018, vai receber no dia 04 de março, as dez canções finalistas do festival.

O seu apuramento será feito através do Festival da Canção 2018, que vai ser constituído por duas semifinais, que terão lugar nos dias 18 e 25 de fevereiro, nos estúdios da RTP, em Lisboa, e, mais tarde, por uma final no Multiusos de Guimarães.

Em cada uma das semifinais estarão a concurso dez canções, totalizando 20 concorrentes. De cada semifinal serão apuradas cinco canções, pelo que teremos dez canções a disputar a final.

A estes 18 juntam-se ainda dois lugares nas semifinais abertos a concurso. Um deles será selecionado através do programa de rádio “Master Class” da Antena 1, dirigido a compositores e autores sem trabalhos publicados, até ao dia 15 de setembro. O júri criado para este programa escolherá o compositor, que deverá também apresentar a concurso uma canção original e inédita. A última vaga nas semifinais resultará da abertura a candidaturas espontâneas de canções originais e inéditas com uma duração máxima de três minutos. E aqui poderão concorrer todos os cidadãos de nacionalidade portuguesa ou residentes em Portugal, tenham ou não trabalhos publicados, o que inclui os portugueses que vivam fora do país, assim como os cidadãos dos PALOP ou de outras nacionalidades que residam em Portugal.

“É com grande regozijo que vejo reconhecido o Pavilhão Multiusos e com orgulho em ver Guimarães ter o segundo pavilhão de Portugal”, sublinhou Aníbal Rocha, da Tempo Livre, lembrando que o pavilhão recebeu várias visitas dos responsáveis da RTP, que deram para perceber o nível de requisitos. “A exigência é muita. Mesmo o Meo Arena tem de fazer adaptações para receber o Festival Eurovisão da Canção. É uma grande responsabilidade trabalhar em conjunto com a RTP”, disse.

Aníbal Rocha destaca ainda a importância desta organização. “Obviamente que o ano para descentralizar o festival é este. Todas as atenções vão estar viradas para Guimarães, porque há 16 anos que não sai de Lisboa”, explicou o diretor da Tempo Livre.

O Meo Arena foi o palco escolhido pela RTP e pela União Europeia de Radiodifusão para a edição do Festival Eurovisão da Canção do próximo ano. A organização ficou a cargo de Portugal, na sequência do triunfo de Salvador Sobral na edição deste ano, na Ucrânia, com a interpretação da canção “Amar pelos dois”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?