HOMEM ENCONTRADO SEM VIDA NAS ÁGUAS DO RIO VIZELA

O homem com cerca de 50 anos, era divorciado e tinha duas filhas. Suspeita-se de suicídio.

O cadáver foi encontrado esta manhã a boiar no rio Vizela, mais precisamente no Parque das Termas, por funcionários municipais que limpavam as margens, como é habitual. Foi por volta das 08h30 que foi dado o alerta e chamados ao local os Bombeiros Voluntários de Vizela, a GNR e a Proteção Civil.

O homem chama-se João de Deus, tinha cerca de 50 anos, era divorciado, tinha duas filhas, uma menor de idade e era da freguesia de S. Paio.

Ao que a rádio Vizela apurou o homem tinha problemas com o álcool e de solidão e também dificuldades monetárias, o que poderá explicar o que se sucedeu. Já contava com passagens pela Casa de Acolhimento da paróquia de S. Miguel, esteve a morar numa casa arrendada mas, por não ter qualquer meio de sustento acabou na rua. Foi depois acolhido por Sandra Rosado e pela família, na Rua de Cruz Caída.

Sandra Rosado contou à rádio Vizela que João de Jesus tinha problemas com o álcool e que a família o rejeitava, o que terá levado a que perdesse o gosto pela vida. Acrescentou ainda, que para além dos problemas com o álcool, João de Deus tinha outros problemas como falar sozinho, mas que era pacífico, humilde e boa pessoa.

Francisco Fernandes foi quem encontrou o corpo esta manhã. O funcionário da câmara achou estranho encontrar roupas e uma carteira e convenceu o colega a voltar atrás para dar uma vista de olhos nas águas e foi aí que encontraram o corpo.

João de Deus foi visto ontem pela última vez ontem, a andar pelas ruas já alcoolizado. Deixou no chão roupas e a carteira com identificação e, ao que tudo indica, pôs fim à vida.

Fotos: DR

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?