INSCRITOS NO IEFP DE GUIMARÃES CAEM NO PRIMEIRO TRIMESTRE

Guimarães apresentou uma quebra de 5,5% para os 7.524 inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) ao longo do primeiro trimestre de 2017, a mais alta entre os dez municípios do Norte com mais desempregados registados. Desemprego caiu mais entre os homens, com idades entre os 35 e os 54 anos.

O Centro de Emprego de Guimarães terminou o mês de março com 7.524 pessoas inscritas, número que espelhou uma queda de 5,5% face a dezembro (7.961), a mais elevada entre os dez municípios do Norte com mais desempregados (no IEFP), à frente de Vila Nova de Gaia, que contabilizou, em março último, 24.306 pessoas – o número mais alto da região – após uma descida de 4,6% (1.362 inscritos a menos) -, e da Maia, cujo número caiu 4,4%, para os 6.933 desempregados, indica a estatística dos concelhos publicada na semana passada na página do IEFP.

O município vimaranense terminou março como o sexto município com mais desempregados, atrás do Porto (17.112), de Gondomar (11.247), de Matosinhos (9.379) e de Braga (8.695), além de Vila Nova de Gaia, tendo, entre fevereiro e março, presenciado uma redução de 199 inscritos, que traduziu uma diminuição de 2,6%, inferior às de Braga (8,4%), Porto (5,5%), Maia (2,9%) e Vila Nova de Gaia (2,7%).

Saiba mais na edição impressa do Mais Guimarães desta terça-feira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?