JUNTOS POR GUIMARÃES ACUSA SÉRGIO CASTRO ROCHA DE SUBORNAR ELEITORES

A Coligação Juntos por Guimarães lançou um comunicado a repudiar a ação do atual Presidente da Junta de Freguesia de Ponte e candidato ao mesmo órgão nas listas do Partido Socialista.

Em comunicado, a Coligação Juntos por Guimarães afirma ter visto, esta manhã, o atual Presidente da Junta de Freguesia de Ponte e candidato ao mesmo órgão nas listas do Partido Socialista, Sérgio Castro Rocha, “a entregar notas de 20 e de 50 euros a diversos cidadãos que ali se encontravam presentes para exercer o seu direito de voto”.

“Este comportamento não só configura o ilícito criminal de corrupção de eleitor, previsto e punido pelo artigo 187º da Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais, como representa um ataque vil e soez ao poder democrático, que a Coligação Juntos por Guimarães repudia veementemente e denuncia publicamente”, pode ler-se no comunicado.

A mesma fonte adianta que “a conduta de Sérgio Castro Rocha põe em causa um processo eleitoral que se quer livre, leal e transparente, inquinando inelutavelmente os resultados eleitorais. Mas mais: descredibiliza ainda mais todo o sistema, corroído por tantas outras atitudes do género ou mais graves, e que, no mínimo, têm levado às altas taxas de abstenção que, a cada ato eleitoral, se tornam mais visíveis e preocupantes”.

Nesse sentido, a Coligação Juntos por Guimarães apresentou já queixa formal junto da Comissão Nacional de Eleições e das autoridades policiais locais e “não deixará de levar o caso até às últimas consequências”.

1 Comentário
  1. Capitão Ponte 10 meses atrás

    Acho isto vergonhoso, fui agora votar e não tive uma única nota, nem de 20 nem de 50 nem sequer de 5. Que ultraje, uns têm tudo e eu que bem preciso não tenho nada. Aposto que a pessoa que publicou esta notícia sem mostrar qualquer tipo de fundamento ou prova do sucedido foi mais bem paga que eu quando fui votar. E estive com todos os candidatos o que perfaziam um possível total de 150€ mas vim embora sem nenhum. Isto assim não tem jeitos. Isso e o facto de que as pessoas ainda acreditam neste tipo de sensacionalismo de intriga para cativar atenção o que denigre a imagem de todos os jornalistas. Abram os olhinhos minha boa gente, o “disse que viu” não vale de nada. É tão válido quanto eu dizer “Na parte da mabha, presenciei uma enorme orgia onde todos os membros de todas as listas faziam parte”. Escandaloso eu sei mas várias pessoas viram. Jornalismo em tempo real e da pesada 🙂

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?