MOREIRENSE EMPATA E REGISTA SEXTO JOGO SEM VENCER

A formação vimaranense averbou o sexto jogo sem triunfos – três empates e três derrotas – na Primeira Liga, após ter empatado a zero na receção ao Boavista, em jogo da 24.ª jornada em que as melhores ocasiões de golo surgiram no período de compensação. Os cónegos ocupam o 16.º lugar, com 20 pontos, mantendo-se em zona delicada da tabela.

Ainda não foi desta que a formação de Augusto Inácio regressou às vitórias, depois de se ter ficado pelo “nulo” frente ao Boavista. Depois de cinco jogos sem triunfos no mês de fevereiro, o Moreirense iniciou o mês de março com um empate num duelo em que a primeira parte não teve praticamente oportunidades de golo e o resultado poderia apenas ter sido diferente na reta final.

Apesar dos regressos de Cauê e de Alex ao “onze”, a turma de Moreira de Cónegos não conseguiu impor-se ao adversário numa primeira parte fechada, com muitas cautelas de parte a parte e que, sem surpresa, chegou ao intervalo “em branco”.

A partida melhorou ligeiramente na segunda parte, e Roberto dispôs do primeiro lance de perigo para a equipa anfitriã num remate em arco desviado para canto por Lucas, central boavisteiro.

Os treinadores apenas mexeram nos últimos 20 minutos, período em que os vimaranenses, com as entradas de Boateng, Ary Papel (estreou-se pelos cónegos) e Alan Schons avançaram no terreno, encostando a turma de Miguel Leal à sua área.

Dois destes elementos recém-entrados estiveram muito perto de inaugurar o marcador já nos descontos, quando Alan Schons, num livre ainda distante da baliza, desferiu um remate forte e com muito efeito que quase traiu Wagner. O guardião do Boavista travou o remate com o pé, em dificuldades, e a bola sobrou para Boateng, mas o avançado ganês, apenas com a baliza pela frente, falhou a recarga, atirando a bola para as mãos do guarda-redes.

Na resposta e praticamente a terminar o jogo, as panteras estiveram muito perto do triunfo, quando um livre de Carraça, descaído para a esquerda, bateu no poste.

Com este resultado, o Moreirense continua em 16.º, com os mesmos 20 pontos do Estoril-Praia, 15.º, e espera agora que o Nacional, penúltimo, com 16 pontos, e o Tondela, último, com 15, não se aproximem.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?