MOREIRENSE MORALIZADO NÃO FOI BASTANTE PARA VENCER AS ÀGUIAS

Um  Moreirense animado pelas vitórias contra os vizinhos de Guimarães e de Vila da Aves, não foi suficiente para travar o Benfica que se reencontrou com os triunfos, depois de três empates consecutivos. O jogo terminou 2-0 para os encarnados, mas, principalmente pelo primeira parte, o resultado poderia ainda ter sido mais dilatado.

Sérgio Vieira contava com a moral dos seus jogadores para surpreender os benfiquista: “era possível fazermos melhor, no momento em que estamos poderia ter acontecido isso, vínhamos de duas vitórias seguidas e é algo normal do ser humano, a confiança aumenta e os jogadores entendem que podem fazer algo mais”. Porém, o técnico reconheceu que a moral não é tudo e que a equipa acabou por cometer erros que foram fatais. “Sentimos que na primeira parte o meio campo do Benfica teve liberdade, não conseguimos ser tão pressionantes. Na segunda parte fomos mais agressivos, mas quando tivemos bola tínhamos de ter mais profundidade. Em termos gerais estou satisfeito pelo empenho e pala forma como os meus jogadores se entregaram ao jogo, estamos num processo de evolução e esta etapa era importante”, foi a análise de Sérgio Vieira.

O treinador dos cónegos mostrou-se confiante para o que a segunda ronda do campeonato. O próximo jogo do Moreirense também não será fácil, já que, joga com FC Porto, para a Taça de Portugal, na quinta-feira, dia 11, às 20h30.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?