PEDRO MARTINS ASSUME EQUIPA PREPARADA PARA CRESCER RUMO AO QUARTO LUGAR

O técnico vitoriano confirmou que o quarto lugar, a par da final da Taça de Portugal, é o objetivo definido para esta temporada, e mostrou-se confiante que o plantel, com hipótese de subir de rendimento, vai cumprir o objetivo, começando já por um triunfo sobre o Rio Ave, no domingo. O treinador disse ainda que o Vitória não está obcecado em ficar à frente do Sporting de Braga.

Pedro Martins garantiu que a formação da cidade-berço vai lutar pelo quarto lugar até ao fim do campeonato, em concordância com a declaração de Júlio Mendes após o empate a três golos com o Estoril, tendo-se mostrado confiante na obtenção dessa meta pelo “espírito” presente no grupo de trabalho, pelo apoio dos vitorianos e ainda pela margem para a “qualidade” de jogo melhorar.

“Esperamos atingir o quarto lugar. Chegando a esta fase, vamos lutar por esse objetivo. Está isso na nossa cabeça, está isso no nosso espírito. Reconhecemos que a nossa qualidade de jogo é boa e vai melhorar ainda mais, porque esta equipa tem base para crescer e o nosso público, que nos ajuda e vive intensamente, reconhece a forma como a equipa quer estar durante o campeonato”, afirmou.

Para atingir esse objetivo, os vitorianos têm nove finais pelo caminho, a começar pelo duelo agendado para as 20h15 de domingo com o Rio Ave, equipa que ocupa a sétima posição, com 35 pontos, vem de dois triunfos consecutivos, e pode, na perspetiva de Pedro Martins, envolver-se na luta pela Liga Europa, tal como o Marítimo, sexto, com 37 pontos, e outras equipas que atinjam uma “cadência de resultados muito boa. O técnico considerou, porém, que o resultado é “importante”, mas não “determinante, nem definitivo”.

O Vitória apresenta uma superioridade clara sobre os vila-condenses no historial de confrontos no Estádio D. Afonso Henriques, tendo vencido 15 dos 20 jogos até agora realizados, empatado três e perdido apenas dois, e o técnico explicou que, neste segundo jogo seguido em casa, após o empate a três golos com o Estoril, pretende ver uma “reação boa” frente a um adversário com “experiência e qualidade” e também mais “consistente” nos últimos jogos, sob o comando de Luís Castro.

O jogo com os “canarinhos” distinguiu-se pela contestação vitoriana ao trabalho do árbitro Tiago Martins, nomeadamente as expulsões de Rafael Miranda e de Tozé, e pela falta de comparência de Pedro Martins na sala de imprensa

O técnico explicou que quis evitar a possibilidade de se “exceder” num “momento mais a quente”, embora tenha revelado que a equipa parte para o próximo jogo sem “sentimento de revolta” face à arbitragem, defendendo que os juízes precisam de “tranquilidade” e que Vasco Santos, o árbitro nomeado para domingo, teve uma “atuação brilhante” quando os vitorianos perderam por 2-1 em Tondela, na 11.ª jornada.

 

Ultrapassar Braga não é obsessão

Os vitorianos estão, neste momento, a dois pontos do quarto lugar, ocupado pelo rival Sporting de Braga, mas o técnico da equipa da cidade berço salientou que a equipa está mais preocupada em terminar o campeonato em quarto do que no facto dos bracarenses serem o adversário a ultrapassar.

A equipa preta e branca não termina um campeonato à frente dos “arsenalistas” desde 2007/08, quando foi terceira, e o técnico, questionado sobre qual das duas equipas é melhor neste momento, respondeu que os vimaranenses estão a “bom nível” e são das “melhores equipas a jogar futebol. Considerou igualmente que os adeptos vitorianos estão mais interessados em “vencer” e em que os jogadores “deem tudo”.

“Os adeptos do Vitória querem ver bons jogos de futebol e que os seus atletas deem tudo dentro de campo, com resultados ótimos. Ninguém está obcecado com o Braga. O quarto lugar é o que nos foca. Não vejo que as pessoas estejam obcecadas por isso, antes de mais pelo historial e pela cultura do clube”, afirmou.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?