“PERSPETIVO SEMPRE UM GRANDE RESULTADO PARA A MINHA EQUIPA” – AUGUSTO INÁCIO

O técnico disse que a equipa de Moreira de Cónegos vai ter uma partida muito “difícil”, de “luta” e de “entrega” frente ao Vitória, no arranque da 23.ª jornada da Primeira Liga, e mostrou-se esperançoso que “seja o Moreirense a ser feliz”. Destacou ainda a necessidade do Moreirense voltar aos triunfos para se sentir mais “confiante” e a boa relação enquanto “vizinhos”, fora das quatro linhas.

O técnico cónego frisou que o encontro de abertura da 23.ª jornada da Primeira Liga vai colocar frente a frente duas equipas que “já não ganham há algum tempo” – quatro jogos sem ganhar para ambas -, uma que “luta pelos lugares europeus” e outra “para não descer de divisão”, tendo antecipado um jogo de “luta” e de “entrega”.

“Num dérbi, nunca se sabe o que pode acontecer. Perspetivo sempre um grande resultado para mim e para a minha equipa. O treinador do Vitória perspetiva para ele uma vitória. Veremos o resultado final, e esperemos que seja o Moreirense a ser feliz”, afirmou Augusto Inácio ao início da tarde desta quinta-feira, na conferência de antevisão ao desafio agendado para as 19h00 de sexta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques.

O treinador do Moreirense avisou sobre a necessidade de se encarar com “respeito” a equipa que se vai defrontar, e admitiu que a turma preta e branca tem “boa equipa”, “bom treinador” e uma “massa adepta fantástica”, mas elogiou igualmente a massa adepta do Moreirense, apesar de não ter tanta gente, dizendo não acreditar que o Vitória olhe para a sua equipa e “pense que as coisas vão ser fáceis”.

Com a sua equipa, neste momento, a ocupar o 16.º lugar, com 19 pontos, Inácio admitiu que, na “luta titânica” com as outras equipas que lutam pela permanência, “tudo o que seja pontuar é bom”, mas o que quer mesmo é os “três pontos”, para a equipa sentir-se de novo “confiante”, pois, a seu ver, as “vitórias é que moralizam e dão ânimo”.

O timoneiro dos vimaranenses assumiu ainda que, apesar de todos os jogos serem “especiais”, este tem um “elã diferente” pela boa relação de vizinhança entre os dois emblemas, expressa na receção ao Moreirense na Câmara Municipal de Guimarães, aquando da conquista da Taça da Liga.

“Recebi muitas mensagens de parabéns de gente do Vitória, que gostaram que o Moreirense tivesse ganho a Taça da Liga. Fomos recebidos pela Câmara Municipal de Guimarães, e estava lá muita gente do Vitória, inclusivamente o presidente. É um bom exemplo a vizinhança dar-se bem. Claro que, quando se defrontam, cada um luta pelos seus interesses”, disse.

O técnico confirmou para o jogo com o Vitória as ausências do guarda-redes Igor Stefanovic, do defesa-central Marcelo Oliveira e do médio Neto, ainda a recuperarem de lesões, do médio Cauê, que viu o quinto cartão amarelo no jogo frente ao Estoril, da ronda anterior, e do extremo Alex, que está cedido pelo Vitória.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?