PROPOSTA DE ORÇAMENTO PARA 2018 PREVÊ MAIS DINHEIRO PARA GUIMARÃES

 A proposta de Orçamento do Estado para 2018 prevê a transferência para o Município de Guimarães de 25 milhões 940 mil euros, ligeiramente superior aos pouco mais de 25 milhões e meio de 2016.

A proposta pode ser consultada na página de Internet da Direção Geral do Orçamento. À semelhança do que já acontecia em 2016, Guimarães é o concelho do distrito de Braga que recebe maior valor de transferências do Estado. A ser aprovada, esta proposta prevê 173 milhões e 285 mil euros para o distrito de Braga.

As transferências do Estado para o Município de Guimarães são provenientes do Fundo de Equilíbrio Financeiro (FEF), do Fundo Social Municipal (FSM) e do IRS. As transferências do OE o para os municípios estão a crescer desde 2015, ano em que cresceram 3,9%, em 2016 voltaram a subir 2,4%.

A proposta de Orçamento do Estado comtempla dois milhões 577 mil euros diretamente para as 48 freguesias, Fundo de Financiamento das Freguesias (FFF). A União de Freguesias de Oliveira, S. Paio e S. Sebastião tem a dotação financeira mais elevada, com mais de 100 mil euros. Relativamente às vilas, Moreira de Cónegos é quem recebe mais, com uma verba de 68 mil euros, seguem-se S. Jorge de Selho, com 60 mil euros, Lordelo e Ponte, com 58 e 57 mil euros respetivamente, Ronfe e Serzedelo, ambas com 54 mil euros e São Torcato com 48 mil euros.

Os valores previstos no FFF para as Freguesias do Concelho de Guimarães:

União das freguesias de Abação e Gémeos –  70 651 euros

União das freguesias de Airão Santa Maria, Airão São João e Vermil –  92 014 euros

União das freguesias de Arosa e Castelões – 56 290 euros

União das freguesias de Atães e Rendufe –  69 432 euros

União das freguesias de Briteiros Santo Estêvão e Donim –  59 622 euros

União das freguesias de Briteiros São Salvador e Briteiros Santa Leocádia –  60 282 euros

União das freguesias de Candoso São Tiago e Mascotelos –  58 584 euros

União das freguesias de Conde e Gandarela –  58 357 euros

União das freguesias de Leitões, Oleiros e Figueiredo –  84 435 euros

União das freguesias de Oliveira, São Paio e São Sebastião –  104 282 euros

União das freguesias de Prazins Santo Tirso e Corvite –  49 449 euros

Aldão –  24 474 euros

Azurém – 83 369 euros

Barco –  28 736 euros

Brito –  56 334 euros

Caldelas –  48 156 euros

Costa –  43 168 euros

Creixomil –  75 451 euros

Fermentões –  48 922 euros

Gonça –  31 079 euros

Gondar –  35 978 euros

Guardizela –  40 206 euros

Infantas –  35 097 euros

Longos –  33 872 euros

Lordelo –  58 173 euros

Mesão Frio –  49 872 euros

Moreira de Cónegos –  68 352 euros

Nespereira –  43 724 euros

Pencelo –  26 230 euros

Pinheiro –  25 471 euros

Polvoreira –  48 528 euros

Ponte –  57 614 euros

Ronfe –  54 711 euros

Prazins (Santa Eufémia) –  25 471 euros

Selho (São Cristóvão) –  32 174 euros

Selho (São Jorge) –  60 478 euros

Candoso (São Martinho) –  30 024 euros

Sande (São Martinho) –  42 366 euros

São Torcato –  48 644 euros

Serzedelo –  54 442 euros

Silvares –  41 181 euros

Urgezes –  59 915 euros

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?