PROVIDÊNCIA CAUTELAR PODE TRAVAR OBRAS DO PARQUE DE CAMÕES

Alguns inquilinos de uma das fábricas que deverá ser demolida par dar lugar ao futuro parque de estacionamento de Camões, no quarteirão Camões/Caldeiroa, meteram uma providência cautelar para evitarem que a Câmara Municipal tome posse administrativa do edifício sem que a sua situação esteja resolvida.

Segundo moradores, técnicos da Câmara terão ontem estado dentro da fábrica, sem a presença dos inquilinos. Esta atitude é classificada pelos inquilinos do espaço  como “intimidatória”, para os levar a desocupar o espaço “sem verem os seus direitos assegurados”. O advogado destes inquilinos meteu uma providência cautelar na segunda-feira, que foi aceite, e que, portanto, produz efeitos imediatos. Na eventualidade de a Câmara Municipal ainda não ter sido notificada desta ação pelo Tribunal, o advogado dos inquilinos enviou um fax à Câmara Municipal e à PSP de Guimarães, no sentido de informar estas duas entidades.

“A ação permite ganhar algum tempo” – afirma um dos moradores – “porém, não impede que as obras continuem em outros pontos do quarteirão. Mais do que aquilo que nós inquilinos perdemos, é a cidade de Guimarães que perde a oportunidade de ter um espaço verde de qualidade, a cinquenta metros do Toural. Este parque verde seria único no país e faria da nossa cidade uma verdadeira Capital Verde Europeia, ao contrário do parque que vai introduzir trânsito e poluição numa zona que se pretende classificar como Património da Humanidade”, dizia ontem um dos moradores.

Os membros da Assembleia da Caldeirôa, reunidos ontem de forma extraordinária, depois da visita dos técnicos, reafirmam que “há dois parques de estacionamento, um colado ao quarteirão, privado, outro 100 metros mais abaixo, público e gratuito, e que, por isso, o quarteirão devia ser aproveitado como zona verde”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?