COLIGAÇÃO REAGE À NOTÍCIA DO MAIS GUIMARÃES SOBRE PROCESSO ECOIBÉRIA

A coligação Juntos por Guimarães reagiu em conferência de imprensa à notícia do Mais Guimarães, na edição da passada terça-feira. Na notícia o Mais Guimarães dá conhecimento da participação de uma empresa, propriedade de um arquitecto do Município no acompanhamento de uma obra a decorrer no próprio território.

Questionado sobre se o referido arquitecto teria isenção de exclusividade, o presidente da Câmara disse que “não tem nenhuma autorização, de acordo com a informação prestada pelos Serviços de Recursos Humanos”. O presidente disse mesmo desconhecer a empresa em questão (Outrasformas) e acrescentou que os técnicos do Município não podem intervir nestes processos.

A Coligação mostrou-se surpreendida por o presidente, dois dias depois de sair a notícia, “não ter dito nada sobre o assunto em reunião de Câmara”. “Há neste momento um silêncio ensurdecedor sobre este assunto”, foi a forma como o presidente do PSD, César Teixeira, colocou a questão.

Os sociais-democratas instigam o presidente a levantar um inquérito, bem como a suspender imediatamente o arquitecto Filipe Vilas Boas. A Coligação questiona também Domingos Bragança sobre “se mantém a confiança política em Ricardo Costa”, na medida em que o visado pela notícia trabalhava na sua directa dependência.

O Mais Guimarães aguarda ainda uma reacção oficial a esta conferência de imprensa, por parte do presidente da Câmara. Porém, o Guimarães Digital já adiantou que, na quarta-feira,dia 22, já terá sido instaurado um inquérito, e ordenada a suspensão de funções, ao director da Divisão de Desenvolvimento Económico da Câmara Municipal de Guimarães e que simultaneamente o visado terá colocado o seu lugar à disposição.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?