RÁPIDA INTERVENÇÃO DOS BOMBEIROS EVITARAM O PIOR NA EMPRESA TÊXTIL

A fábrica têxtil António Almeida e Filhos, em Moreira de Cónegos. que sofreu um incêndio de grandes dimensões, voltou na segunda-feira, 10, “quase” normalmente.

Segundo o que o Mais Guimarães conseguiu apurar, a maior partes dos colaboradores da fábrica têxtil António Almeida e Filhos retomaram ao serviço na segunda-feira, com a exceção de alguns administradores que evitaram as salas que ainda mantêm os cheiros do incêndio que deflagrou ao final da tarde de quinta-feira.

Devido ao fumo e cheiros que se faziam sentir, a fábrica fechou as instalações na sexta-feira e apenas se apresentaram ao serviço alguns administrativos que se deslocaram para outra unidade do Grupo “MoreTextile”, nomeadamente, a Coelima Indústrias Têxtis. O incêndio afetou ainda a rede de água.

O alerta para o incêndio foi dado às 19h19. Ao local acorreram duas viaturas e seis homens dos Bombeiros de Riba de Ave, dois veículos (incluindo camião-escada) e oito homens dos Bombeiros de Guimarães, 23 homens com sete veículos dos Bombeiros de Vizela. O fogo estava extinto pouco depois das 21h30. Todos os funcionários conseguiram sair da empresa, não havendo registo de feridos.

Saiba mais na edição impressa do Mais Guimarães desta terça-feira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?