SERVIÇOS DOS CTT DAS TAIPAS REGRESSAM À ESTAÇÃO DOS CORREIOS

Findo os seis meses do primeiro contrato celebrado pela Junta de Freguesia de Caldelas com os CTT, as duas instituições acordaram não renovar contrato de prestação de serviços para manter posto dos CTT na Sede Junta de Freguesia.

A decisão de não renovação do contrato de prestação de serviços que instalou um posto dos CTT na Junta de Freguesia de Caldelas, a cerca de 100 metros da Estação de Correios, foi tomada depois de reunião de avaliação entre os representantes das instituições, findos os seis meses do primeiro contrato.

No documento que sustenta a deliberação da Junta de Freguesia de denunciar o contrato de prestação de serviços pode-se ler que as principais razões para a não continuação do serviço são: “o baixo número de vale de reformas pagos e que tinha motivado a instalação do posto; o serviço dar prejuízo à Junta de Freguesia, que financiou com o dinheiro dos contribuintes a manutenção daquele posto; a perspetiva futura dos CTT de deixar de retribuir os parceiros com a comissão fixa, mantendo apenas a comissão variável, como já acontece nos novos contratos a celebrar, o que significaria mais prejuízo; a incapacidade da Junta de Freguesia de cumprir com as suas obrigações contratuais, por falta de recursos humanos, e falta de condições de segurança, designadamente, garantir que os serviços contratados estivessem todos disponíveis e garantir o cumprimento do horário de funcionamento por falta de recursos humanos; e garantir condições de segurança”.

No mesmo documento também se dá como garantido, pela voz do representante dos CTT’s, o não encerramento da estação de Correios em Caldas das Taipas, e a continuação dos serviços postais e dos restantes serviços disponíveis aos taipenses. Os serviços manter-se-ão em funcionamento na Junta de Freguesia, até à data limite de 31 de janeiro, regressando a partir dessa data à Estação dos Correios das Taipas ou à sede de um novo parceiro na freguesia.

Segundo nota da Freguesia, “desta forma, o atual executivo dá cumprimento à deliberação da Assembleia de freguesia que desde o início não ratificou a celebração do contrato de prestação de serviços, celebrado pelo executivo da Junta de Freguesia liderado por Constantino Veiga, que apesar disso procedeu à instalação do posto de correio na Sede da Junta de Freguesia”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?