TEMPESTADE “ANA” DERRUBOU DEZENAS DE ÁRVORES

28 cortes de árvores, 17 inundações e duas quedas de estruturas constam do balanço da tempestade Ana, que afetou Guimarães maioritariamente durante a tarde e noite de domingo, 10.

Os Bombeiros Voluntários vimaranenses registaram mais de quatro dezenas de ocorrências relacionadas com o mau tempo, principalmente quedas de árvores, durante a madrugada de domingo e a manhã de segunda-feira.

A corporação do centro de Guimarães assinalou 24 cortes de estrada devido à queda de árvores, 11 chamadas resultantes de inundações, duas quedas de estruturas e ainda socorreu um animal que caiu entre um muro e uma ravina, em Gonça.

Já os Bombeiros Voluntários das Taipas registaram em quatro situações de cortes de árvores, seis inundações, mas só numa delas poderem intervir, e ainda dois placards em risco de queda.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) o período mais crítico foi a noite de domingo e madrugada de segunda-feira, com vento forte com rajadas que chegaram a 130 quilómetros por hora e chuva forte.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?