TEXEIRA: “AROUCA É UMA FINAL E ESTAMOS A CONTAR COM O APOIO DAS PESSOAS”

O avançado vitoriano frisou que o grupo de trabalho quer carimbar o quarto lugar, e, só depois, pensar em vencer a Taça de Portugal, pelo que está concentrado, acima de tudo, no jogo com o Arouca. O dianteiro mostrou-se ainda “feliz” pela oportunidade de ser titular e agradado com os adeptos e o futebol português na primeira época em Guimarães.

O avançado uruguaio assumiu a titularidade no campeonato no triunfo por 2-1 com o Nacional, da 27.ª jornada, em que fez o segundo golo, e a partir daí não mais a largou, e disse estar a viver um “bom momento”, tanto a “nível pessoal”, como a “nível do plantel”, pelo que espera contribuir para um bom final de campeonato da equipa, a começar já pelo jogo com o Arouca, agendado para domingo, às 18h00, no Estádio D. Afonso Henriques.

“Faltam três jogos, estamos a pensar conseguir os nove pontos até ao final da época. Mas vamos jogo a jogo. Primeiro, vamos pensar no Arouca, que é o jogo mais importante. É mais uma final para nós, e estamos a contar com o apoio das pessoas. Esperemos que seja uma festa no próximo fim de semana”, desejou o ponta de lança.

Os vitorianos nem sequer precisam do triunfo sobre os arouquenses, mas apenas de um empate ou então da perda de ponto do Sporting de Braga no terreno do Moreirense para garantirem o quarto lugar e a fase de grupos da Liga Europa, o primeiro objetivo que o jogador pretende atingir, antes de “pensar” na final da Taça de Portugal com o Benfica, a 28 de maio, no Estádio Nacional, em Oeiras, a outra meta que pretende atingir.

Texeira confessou que sempre teve a esperança de ter uma “oportunidade” a titular no Vitória, e que, ao longo da época, continuou a “fazer o que tinha de fazer” nesse sentido e, em jeito de balanço na primeira época no emblema da cidade-berço, mostrou-se agradado com o futebol português, que considerou superior ao holandês – jogou entre 2011/12 e 2013/14, no Groningen – surpreendido com o apoio dos vitorianos.

“Quando cheguei a Portugal, não imaginei que os adeptos sentissem tanto o futebol aqui, em Guimarães. Em todos os jogos que disputamos, os adeptos acompanham sempre, tanto em casa, como fora”, descreveu.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?