UMINHO QUER CRIAR LABORATÓRIO COLABORATIVO DE COZINHA CIENTÍFICA

A Universidade do Minho está a estruturar com a Câmara Municipal de Guimarães, a UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e outras entidades parceiras a criação de um laboratório colaborativo no âmbito da cozinha científica. “É um projeto independente que ficará em instalações adjacentes ao edifício da Escola-Hotel”, disse o reitor António M. Cunha, informando que a candidatura a este projeto irá ser apresentada até ao final de julho.

A declaração foi efetuada durante a realização da oitava reunião do Conselho Consultivo do Presidente do Município de Guimarães, que decorreu ao final da tarde desta quinta-feira no edifício da Taipas Termal, na vila de Caldas das Taipas. “Trata-se de um laboratório que irá focar-se na história e na gastronomia, mas essencialmente na área da ciência ligada à alimentação”, referiu Domingos Bragança, que reuniu com diferentes empresários que operam nesta área económica, com especial relevo para a hotelaria e restauração.

“A formação superior, o domínio da língua inglesa, as boas práticas na área do turismo, hotelaria e restauração são fundamentais para aumentarmos o serviço de qualidade que já prestamos muito bem e que queremos reforçar”, considera o Presidente da Câmara Municipal, afirmando que o polo de Guimarães do IPCA irá “adaptar os melhores modelos europeus, tornando a Escola-Hotel uma referência na prestação de serviços de qualidade”. “O termalismo na área da saúde e do lazer e a importância que tem de transmitir conhecimento nesta área, bem como as casas de turismo rural, que muito caracterizam o Minho, são também áreas de intervenção a ter em conta”, disse.

Na reunião presidida por Domingos Bragança, estiveram também presentes o Diretor Executivo da Associação Portuguesa de Hotelaria Restauração e Turismo (APHORT), Condé Pinto, o Secretário-Geral Adjunto da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), Sousa Martins, e o técnico da Divisão de Cultura e Turismo do Município de Guimarães, Vítor Marques. “O Papel da Hotelaria e Restauração na Economia Local” foi o tema da sessão.

Reunindo trimestralmente, o Conselho Consultivo para o Investimento e o Emprego em Guimarães é um órgão de consulta, apoio e participação na definição das linhas gerais de atuação do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães e na identificação de áreas estratégicas para o desenvolvimento da economia do concelho que visem a dinamização da atividade económica e a criação de emprego.

Foto: DR

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?