VITÓRIA APANHA “SUSTO” MAS VENCE NA MADEIRA

O Vitória chegou aos 90 minutos a vencer por 2-0, mas, em três minutos, ainda se viu a braços com um susto e só não perdeu pontos, porque o árbitro Rui Costa assinalou falta sobre Sacko no cabeceamento de Cádiz para o segundo golo dos madeirenses, já aos 90+4 minutos. A equipa subiu provisoriamente ao quarto lugar, com 47 pontos.

O Vitória cumpriu o objetivo na deslocação à Madeira, mas quase comprometeu-o ao “cair do pano”, quando sofreu o 2-1, ao minuto 90+1, por Zizo, que aproveitou as facilidades defensivas do Vitória e a má colocação de Douglas entre os postes para fazer abanar aos redes, e, ao minuto 90+4, quando Cádiz ganhou a bola nas alturas a Sacko e bateu Douglas, de cabeça, num lance que o árbitro Rui Costa considerou faltoso.

Nos primeiros 90 minutos, porém, mesmo com um onze com nove alterações, a equipa de Pedro Martins foi superior e conseguiu uma vantagem de dois golos, graças aos golos de Rafael Miranda, aos 26 minutos, num remate à meia-volta, após passe de Pedro Henrique na sequência de um canto, e de Texeira, num remate de ressaca à entrada da área muito bem colocado, aos 85 minutos.

A equipa da cidade-berço vai certamente ganhar pontos a Sporting de Braga, que tem agora menos um ponto, e a Marítimo, que tem 40, uma vez que as duas equipas se defrontam no domingo, em Braga.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?