VITÓRIA: ESTE ANO “É PROIBIDO” FALHAR!

por ALFREDO MAGALHÃES

Docente do Ensino Superior

Estamos, enfim, em julho! O mês que marca o início do fim do jejum de quem gosta da bola. Esta entrada em cena traz uma atmosfera diferente. As transferências – mesmo que o mercado esteja aberto até final de agosto e haja ainda muita cara nova para chegar, deixam de ser o assunto principal – deixam de ser o assunto principal e os adeptos de todos os clubes podem começar a entusiasmar-se ou a desiludir-se com os novos jogadores, com as vitórias, com os golos, ainda que estejamos a falar apenas de jogos particulares.

Nesta altura, como sabemos, já todas as equipas iniciaram os seus trabalhos e cada uma, à sua dimensão, com a esperança redobrada em alcançar os objectivos a que se propôs, em devido tempo. O nosso Vitória, não fugindo à regra, lá deu início à sua época na semana passada, onde a grande novidade foi não ter havido “novidades”…

Uns dizem que ainda é muito cedo, outros que as inscrições de jogadores só terminam em 31 de agosto, outros ainda que a grande maioria das equipas também não “mexeu” muito e ainda há os mais crentes que defendem a ideia de que os jogadores vão chegar porque já estão referenciados… Nada a que não estejamos já habituados, infelizmente.

De qualquer das formas, uma boa parte das pessoas anda preocupada e, até, desconfiada, embora sem razão, creio eu. Há motivos mais que suficientes para percebermos que este ano “é proibido” falhar! Senão vejamos:

– Na época passada conquistamos o 4º lugar e a consequente entrada na fase de grupos da Liga Europa;

– O passivo está praticamente a zeros;

– O Vitória é um Clube muito apetecido pelos investidores;

– Os adeptos estão empolgados como nunca;

– Há eleições esta época, em março/abril.

Partindo destes pressupostos, e a meu ver, devemos acreditar que vai ser construída uma equipa que reforçará a marca que todos nós forjamos, por esse mundo fora, a sangue, suor e lágrimas.

Devemos saber, e sabemos que esta marca VITÓRIA, como é evidente, cresce continuamente no coração de cada vitoriano.

Todos temos memória e em alerta para exigirmos que não há mais margem para adiar um sonho que nos assola em cada época que começa.

 

Se fomos capazes todos, cada um com o seu contributo, de reerguer este Clube, num momento em que a bancarrota esteve iminente, não é agora, com os compromissos que temos e a um passo de lutarmos pela Champions, “que se vai deitar tudo a perder”. As pessoas não são malucas!

Força VITÓRIA!

 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2017 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?