VITÓRIA PERDEU NO DRAGÃO E DIZ ADEUS À TAÇA DE PORTUGAL (4-0)

Um penálti golo de Aboubakar, aos 12 minutos, abriu ao FC Porto o caminho do triunfo sobre o Vitória, por 4-0, no Dragão, e provocou o afastamento do finalista da última edição da Taça de Portugal da prova.

Pedro Martins fez seis alterações no onze que iniciou a partida com o Feirense, na última jornada da I Liga, e deixou no banco Raphinha e Héldon

Depois de um aviso aos 5 minutos, em que Danilo cabeceou ao poste na sequência de um canto, o primeiro golo do encontre surgiu de grande penalidade, a castigar uma mão na bola de Victor Garcia, onde ficou muitas dúvidas na intensão do venezuelano. Aboubakar ganhou o frente a frente com Miguel Silva, atirando para o centro da baliza da marca de 11 metros.

A resposta vimaranense surgiu por Sturgeon, num centro na esquerda e cabeceamento ao segundo poste, saindo ligeiramente por cima da trave. Aos 25, Danilo volta a enviar ao ferro da baliza vimaranense.

Na segunda parte o porto chegou à goleada. Danilo Pereira, aos 58 de cabeceou para o fundo da baliza. André André fechou o resultado. Primeiro, na sobra, rematou para a baliza, sem oposição, aos 64, e na sequência de um canto de Alex Telles, o médio português apareceu para o desvio certeiro, aos 83.

Pelo meio, o Vitória ainda deu um ar da sua graça, com um remate seco de Héldon, do meio da rua, a bater com estrondo no ferro.

O Vitória fica pelos oitavos de final da Taça de Portugal, enquanto o FC Porto segue para os quartos de final da competição.

Entretanto, a Federação Portuguesa de Futebol já agendou o sorteio dos quartos de final e das meias-finais, que decorrerá na segunda-feira, às 12h00, na Cidade do Futebol.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?