A Oficina: mês de julho preenchido e com várias propostas criativas

As primeiras semanas de julho em Guimarães irão proporcionar diversas oportunidades ao mais novos para “explorações de novos saberes e gostos, com a criação de oficinas de poesia, criação de figuras articuladas, de olaria, de arte perfomativas, de teattro e técnicas de impressão e estamparia em tecido”

Nesse sentido, a Oficina irá potenciar a descoberta através de várias propostas criativas que irão decorrer entre 4 a 8 e de 11 a 15 de julho na Loja Oficina (LO), no Centro Internacional das Artes José de Guimarães (CIAJG), Casa da Memória (CDMG), Centro Cultural Vila Flor (CCVF) e Espaço Oficina (EO). 

Na semana de 4 a 8 de julho, sempre das 14h30 às 16h30, a oficina ”Loja Oficina de Vender Poetas” será realizada em processo contínuo de criação ao longo de toda a semana. Esta oficina dirigida a 15 participantes maiores de 6 ano propõe a exploração da palavra, do corpo e do próprio espaço para que no fim se possa convidar o público em geral a desfrutar de um encontro único. 

Na semana que se segue, atravessa vários outros espaços culturais de Guimarães de 11 a 15 de julho, às 10h00 e às 15h00, com novas oficinas criativas a cada dia que passa. Neste caso, a participação é igualmente reservada a 15 pessoas maiores de 6 anos de idade e tem o preço de 2 euros por participante (por sessão, com cerca de 120 minutos de duração), mediante inscrição prévia nas mesmas condições acima referidas. 

Na segunda-feira, o CIAJG é palco para novos criadores com novos saberes e muita criatividade à mistura na oficina de criação de figuras articuladas. “Meio Isto Meio Aquilo” é o nome da pele que reveste todos os seres e peças que daqui irão nascer às mãos dos exploradores mais novos na companhia da orientadora Teresa Arêde. A terça-feira convida a percorrer uma tradição feita de barro e de histórias, a olaria vimaranense. Orientados por Maria Fernanda Braga e inspirados pela Cantarinha dos Namorados, os mais novos têm a oportunidade de fazer parte das “Histórias de Cântaros e Cantarinhas”.

Chegados a quarta-feira, dá-se a entrada d’ “O elefante na sala”, oficina de artes performativas orientada por Luísa Abreu na Sala de ensaios do CCVF. O dia 14 de julho, quinta-feira, acontece “Entre o palco e os bastidores”, com Matilde Magalhães a orientar uma oficina de teatro a ter lugar no Espaço Oficina. A partir de jogos teatrais, com um pouco de movimento à mistura, parte-se em conjunto à descoberta para entender o que é ser um ator ou uma atriz, e para descobrir ainda os bastidores do Espaço Oficina, desde os camarins aos figurinos.

O úlltimo dia desta jornada de oficinas de férias de verão realiza-se a 15 de julho na Casa da Memória, com Teresa Arêde ao leme para dirigir os jovens participantes até “Sonhos de Bolso”, oficina de técnicas de impressão e estamparia em tecido a desenharem sonhos, aqueles que sonhámos ontem e os que sonhamos para o futuro.






©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?