“A TAP é muito importante se cumprir com o seu papel estratégico e diferenciador”

A perspetiva do presidente da Câmara de Guimarães relativamente à Transportadora Aérea Portuguesa, no programa “Em casa, à conversa com…”, emitido no passado domingo, 13 de dezembro.

É importante para Guimarães e para o norte do País manter a TAP mesmo sendo necessário injetar na transportadora o dinheiro que está previsto?

A TAP é muito importante se cumprir com o seu papel estratégico e diferenciador, complementar às outras companhias aéreas. É importante se atender às necessidades de desenvolvimento da nossa região e tem que atender ao país inteiro. Se assim for, e uma vez que o país já investiu tanto dinheiro na TAP, o que interessa agora é viabilizar e reestruturar de modo a que cumpra o seu papel. Se assim for, nós compreenderemos o esforço financeiro do Estado, porque o Estado somos todos nós. Mas tem, de facto, de mudar de rumo, nestes últimos anos não atendeu às necessidades da região norte. 

Também compreendo o esforço financeiro que está a ser feito com a TAP tendo em conta as condições que a pandemia trouxe à aviação. Mas desta vez que se faça bem e que se resolva definitivamente os problemas da companhia aérea, para que não seja apenas servidora dos dinheiros públicos.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?