ADIADO JULGAMENTO DO HOMEM ACUSADO DO HOMICÍDIO DE UMA PROSTITUTA NA CALDEIROA

A sessão de julgamento ficou adiada sem data devido à falta do resultado de uma perícia pedida pela defesa, para avaliar se o arguido teria ou não força suficiente nas mãos para estrangular a vítima.

O vimaranense de 36 anos é acusado pelo Ministério Público de homicídio qualificado e poderá apanhar pena de prisão dos 12 até aos 25 anos.

O crime terá ocorrido depois de a vítima ter tentado acabar o relacionamento amoroso que ambos mantinham. Após o crime, o arguido tomou banho e deambulou pelas ruas da cidade, tendo telefonado para duas pessoas a contar o sucedido. A seguir entregou-se à PSP por volta das 10h20.

O corpo da mulher de nacionalidade brasileira foi encontrado por volta das 09h00 pela dona da casa onde vivia.

Foto: Mais Guimarães

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?