Administrador de empresa vimaranense condenado por abuso de confiança contra a Segurança Social

© Mais Guimarães

O administrador de uma sociedade comercial com sede em Guimarães foi acusado pelo crime de abuso de confiança contra a Segurança Social pelo Ministério Público (MP). De acordo com a informação patente no site da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, o arguido lesou a Segurança Social em mais de 304 mil euros entre dezembro de 2014 e novembro de 2018.

O administrador da empresa determinou, nesse período, que “nas retribuições pagas a trabalhadores e a ele próprio enquanto membro de órgão estatutário fossem descontadas contribuições devidas à  Segurança Social, no montante global de €304 432,32, sem que contudo as tenha entregue a esta entidade, como se lhe impunha”.

O MP promove, assim, que arguido e arguida paguem ao Estado a quantia referida, uma vez que corresponde “à vantagem patrimonial tida com a actividade criminosa, sem prejuízo dos direitos da Segurança Social”.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

SUBSCRIÇÃO GRÁTIS

RECEBA O JORNAL MAIS GUIMARÃES

NO SEU EMAIL

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?