Alunos do 1.º ciclo e pré-escolar deverão ser os primeiros a regressar à escola

O Ministro da Educação defendeu esta segunda-feira, 8 de fevereiro, que o ensino presencial deverá regressar assim que possível, dependendo da opinião dos especialistas e começando pelo 1.º ciclo e pré-escolar.

“Sabemos que os alunos do 1.º ciclo e o do jardim-de-infância têm necessariamente mais dificuldade para terem autonomia e acontecer ensino e aprendizagem à distância. Essa é uma decisão a tomar em função das avaliações dos epidemiologistas”, afirmou Tiago Brandão Rodrigues.

Caso não seja possível para “todos os alunos”, que se comece por aqueles que os epidemiologistas indicarem tendo em conta a “perigosidade das várias variantes” que neste momento existem.

Reforçando a ideia que “nada substitui o ensino preferencial”, defendeu a importância de “trazer para a escola” os alunos que não tenham em casa as condições para o ensino à distância, possibilitando à escola “dar a resposta imediata às crianças”, num articulação com as autarquias e o Ministério da Educação.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?