Apoio à Integração de Migrantes: 461 atendimentos a cidadãos migrantes no último ano

O Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM) iniciou em 10 de maio 2010, com instalações na Divisão de Ação Social da Câmara, com o patrocínio do Alto Comissariado para as Migrações (ACM), com o objetivo de criar pontes culturais e linguísticas.

© Direitos Reservados

No concelho de Guimarães residem 2.481 cidadãos migrantes com autorização de residência, segundo dados do SEF, oriundos de 72 países e com maior incidência de Angola, Brasil, Bangladesh, Cabo Verde, Chile, Guiné Bissau, Nepal, Turquia, Ucrânia e Uzbequistão, entre outros.

Durante o ano de 2020, o CLAIM efetuou 461 atendimentos, maioritariamente no apoio à regularização em território nacional e dos familiares. A tipologia dos atendimentos é a regularização pela via do trabalho, reagrupamento familiar e apoio o contato com o SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, para agendamento na resolução. Ultimamente, o CLAIM tem sido abordado por algumas empresas à procura de trabalhadores.

O CLAIM tem como missão “ir além da informação, apoiando em todo o processo do acolhimento e integração dos migrantes, articulando com as diversas estruturas locais, promovendo a interculturalidade a nível local, nas suas mais diversas áreas de trabalho”.

No âmbito das comemorações do Dia Internacional do Migrante, a coordenadora do CLAIM deslocar-se-á, no dia 20 de dezembro, ao Agrupamento de Escolas Virgínia Moura para uma ação de envolvimento e acolhimento da comunidade migrante para os do 9.º ano.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?