BLOCO DE ESQUERDA ALERTA PARA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA AMBIENTAL

Os candidatos do Bloco de Esquerda ao Parlamento Europeu, Ana Rute Marcelino e Miguel Martins, estiveram esta manhã em Guimarães, na feira semanal e com os comerciantes do centro da cidade. Na ação de campanha para as Eleições Europeias, os candidatos divulgaram as propostas do partido, como o combate às alterações climáticas, a defesa da saúde pública e a criação de emprego.

Ana Rute Marcelino rejeita “a suposta contradição entre a emergência ambiental e necessidades da economia” e afirma que “o desafio ambiental deve ser encarado como o centro de uma estratégia para a criação de emprego de qualidade, indústrias inovadoras e melhoria da qualidade de vida das populações”.

A candidata bloquista defende o cancelamento dos financiamentos a combustíveis fosseis e a criação de um Banco Europeu para a Transição Climática, com o objetivo de criar um programa europeu de empregos públicos climáticos. “Este programa destina-se a criar uma industria publica europeia de energia solar e eólica, a promover a um projeto de expansão de ferrovias e transportes públicos integrados e gratuitos, a desenvolver um processo de adaptação da agricultura, pecuária e floresta e a apoiar um plano europeu de eficiência energética nos edifícios públicos, particulares e industriais”, acrescentou.

“A questão ambiental tem de ser vista como uma emergência absoluta, pelo que o Bloco de Esquerda pretende que recursos financeiros e tecnológicos da União Europeia sejam utilizados para apoiar a transição energética e social dos países e permitam a resolução da crise climática antes que seja tarde de mais para o Planeta e para a Humanidade”, concluiu.
0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?