Bloco de Esquerda elegeu CCD Braga e CCC’s Guimarães

O Bloco de Esquerda elegeu, ontem, 4 de outubro, a Comissão Coordenadora Distrital de Braga e as coordenadoras concelhias de Barcelos, Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão.

Para o distrito, a moção mais votada pelos aderentes foi, “Um Bloco unido para responder às pessoas”, defende uma “sociedade democrática, contra a discriminação, o racismo, a intolerância e o totalitarismo” e pretende “ganhar mais espaço à esquerda, na defesa das pessoas, dos seus direitos, dos seus salários e pensões, lutando por uma economia justa, que respeite o ambiente e a biodiversidade”, pode ler-se em comunicado enviado às redações.

A lista A obteve 29 votos, elegendo 4 pessoas, e a lista B obteve 68 votos, elegendo 9 pessoas. O órgão de direção política distrital é então composto por: José Maria Cardoso, Barcelos; Sónia Ribeiro e em Guimarães é composto por Leonel Castro.

Para as comissões coordenadoras concelhias concorreram listas únicas.

Em Braga, a lista “Um projeto de esquerda para vencer a crise” obteve 35 votos, tendo havido 5 votos brancos. As pessoas eleitas são: Alexandra Vieira, António Lima, José Alfredo Ribeiro, Manuela Airosa Gonçalves, Jorge Vilela, Norberta Grilo, José Dias, Cristina Andrade, João Rodrigues, Paula Nogueira, Renato Silva, Adriana Remelhe, António Cruz Mendes, Isabel Gonçalves e Ricardo Cerqueira.

Em Guimarães, a lista “Uma resposta de esquerda para proteger as pessoas e o emprego”, teve 14 votos, sendo o órgão composto por Sónia Ribeiro, Rui Antunes, Andrea Lopes, João Ricardo Pinheiro, Joaquim Rodrigues, Afonso Silva, Manuel Freitas, Rita Pereira e Joaquim Teixeira.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?