Bloco quer espaços ocupados por carros substituídos por jardins

O Bloco de Esquerda está a assinalar o Dia Europeu sem Carros, dia 22 de setembro, com uma instalação na via pública que “tenta demonstrar como o espaço público poderia ser se as políticas que promovem os carros, alcatrão e betão fossem substituídas pela criação de espaços de lazer com jardins e árvores”.

Na iniciativa realizada no coração da cidade, em frente à Escola Secundária Francisco de Holanda, a candidatura bloquista quis alertar para o “elevado número de carros que diariamente circulam no centro urbano”.

“A promoção constante de políticas que favorecem o transporte individual causa enormes constrangimentos ao nosso concelho. Por um lado, há a ocupação abusiva do espaço por carros que poderia ser usado pelas pessoas para fruição e convívio, por outro temos mais poluição e engarrafamentos”, afirmou Luis Lisboa. As soluções apresentadas pelo candidato à Câmara passam pela pedonalização das ruas no centro, construção de parques de estacionamento de periferia e promoção do transporte coletivo e da bicicleta. “Precisamos de plantar árvores, jardins e natureza e não betão, carros e alcatrão”, sublinhou.

A candidata à Assembleia Municipal, Sónia Ribeiro, referiu ainda a necessidade de se assegurar transporte escolar exclusivo. “Com autocarros a levar as crianças e jovens às escolas era diminuído substancialmente o número de carros nas zonas escolares, aumentando também a segurança para os estudantes”, salientou.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?