Cadeira elevatória entregue a Ana Cláudia

Ana Cláudia é uma menina residente na freguesia de Urgezes, com trissomia 21, autismo, atraso no desenvolvimento, epilepsia, dificuldade respiratória e com mobilidade reduzida.

© Mais Guimarães

Jorge Santos, da Servir Sem Olhar, faz recolha de brinquedos, roupas e outros bens para ajudar pessoas mais necessitadas. Teve conhecimento do caso de Ana Cláudia e pediu autorização para poder colocar uma cadeira elevatória na casa da menina. “Para ir para o quarto, em cima, os pais já quase não a conseguem carregar às costas, pela falta de mobilidade que ela tem.”

Em apenas quatro dias, conseguiu angariar o valor necessário para a compra da cadeira elevatória. Mais cedo que o esperado, a cadeira foi colocada na casa. Jorge Santos visitou Ana Cláudia com Maurício Freitas, Carina Mendes e Ana Batista, três pessoas que o acompanharam ao longo deste processo.

Este gesto tornou, segundo Maria de Fátima, mãe de Ana Cláudia, este Natal no “melhor Natal”.




A mãe de Ana Cláudia deixa um desejo de “coragem, força e muita saúde”, a todas as famílias que passam por situações idênticas. Garantiu que a filha gosta de “abraços e beijinhos” e que, se pudesse, os distribuía por todos os que a têm ajudado.

© Mais Guimarães

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?