Câmara volta atrás na fatura da água

Vai ser discutida na Reunião de Câmara de de segunda-feira, dia 16, uma proposta que anula a decisão tomada na sessão anterior sobre o tarifário da Vimágua para o próximo ano que resultava num aumento global da fatura da água, em 2021.

A nova proposta anula o aumento de 2,98%, que tinha sido aprovado pelo PS, com os votos contra do PSD e do CDS.

Pode ler-se na proposta que a Câmara “deve continuar a fazer tudo o que estiver ao seu alcance no sentido de evitar qualquer aumento de encargos para a generalidade dos Munícipes, independentemente do seu montante”. A atual situação de emergência sanitária e as suas consequências económicas foram precisamente os argumentos usados pela oposição para votar contra esta proposta, na Reunião de Câmara de 26 de outubro.

Os custos desta decisão não deverão ser acomodados pela Vimágua, na medida em que vai a Reunião de Câmara uma outra proposta para atribuir à empresa um subsídio à exploração no valor correspondente à estimativa da redução da receita, 270 mil euros.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?