Campanha de sensibilização entre o E.Leclerc e a CIG

Os hipermercados E.Leclerc, juntamente com a CIG (Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género) iniciarão uma campanha de sensibilização na luta contra o flagelo da violência doméstico, no Dia Internacional de Combate à Violência Doméstica, celebrado a 25 de novembro. A campanha foi oficialmente inaugurada hoje, 24 de novembro.

© Filipa Rocha

“Não à Violência Doméstica” é o nome da campanha que junta o E.Leclerc e a CIG, o organismo nacional responsável pela promoção e defesa da igualdade entre mulheres e homens. A principal missão deste projeto “passa por sensibilizar a sociedade para este crime que afeta tantas mulheres e tantas famílias em Portugal”, revela Manuel Albano, vice-presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade.

Florence Mangin, Embaixadora de França em Portugal, é uma das apoiantes da campanha “Não à Violência Doméstica” e diz que está “muito orgulhosa deste projeto pioneiro em Portugal”. Para a embaixadora esta iniciativa faz mais sentido nesta altura, devido ao período de pandemia em que vivemos, que “implicou o confinamento e houve um aumento significativo do número de maus tratos a mulheres no seio familiar”.

O vice-presidente da CIG afirma que este “é um problema de todos e não podemos aceitar que isto continue a acontecer. A responsabilidade é individual, mas também coletiva”, conclui o Manuel Albano.

@ Filipa Rocha

Pedro Bernardes, presidente do grupo E.Leclerc realça que esta campanha “mais que o objetivo económico, tem o objetivo de interpelar as pessoas. Não é uma campanha estática, por isso nós vamos interagir com todos os clientes que passarem na linha de caixa”. Desta forma, no talão de compras do E.Leclerc estarão os contactos via telefone e via SMS para que “chegue a um maior número de pessoas”, revela.

Esta ação solidária irá decorrer através de vendas de plantas nos hipermercados E.Leclerc, nomeadamente de orquídeas e suculentas, em que o resultante da venda revertem com 2,5 euros e 50 cêntimos respetivamente.

Importa referir que as empresas locais também apoiam esta iniciativa. Todos os hipermercados E.Leclerc escolheram uma associação que apoia as vítimas de violência doméstica e toda a receita arrecadada será entregue.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?