CC TAIPAS REALÇA SENTIMENTO DE “REVOLTA E INDIGNAÇÃO”

O Clube Caçadores das Taipas afirmou hoje, em conferência de imprensa, sentir “revolta e indignação”, por factos ocorridos ao longo desta época.

Depois de um comunicado emitido a 24 de março, no final do encontro com o Felgueiras, os dirigentes do clube organizaram este final de tarde uma conferência onde demonstraram, com recurso a vídeo, vários dos lances em que afirmam sentir-se lesados, manifestando “revolta e indignação perante factos ocorridos” e considerando que o jogo do passado domingo foi “a gota de água”.

“Iremos solicitar uma reunião com a AF de Braga no intuito de reportar os factos mencionados, assim como faremos chegar à FPF um ofício com teor desses mesmos factos”, revelou Tiago Rodrigues, presidente do CC Taipas, em relação aos lances visionados, acrescentando que os erros de arbitragem têm dificultado a caminhada da equipa na luta pela manutenção no Campeonato de Portugal.

Tiago Rodrigues mencionou ainda o convite tardio feito ao clube para integrar a competição neste época, assumindo que todos os factos juntos levam a instituição a pensar que “talvez não quisessem que o Taipas competisse nesta divisão”.

A formação de Felgueiras, com a qual os vimaranenses perderam no passado domingo, reagiu ao comunicado, também com uma comunicação divulgada nas suas redes sociais, comunicação essa que Tiago Rodrigues, referiu ser “desfasada da realidade, visto que em momento algum ofendemos a sua instituição e os seus dirigentes”.

 

 

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?