CDS de Guimarães lamenta aprovação da eutanásia no Parlamento

A Comissão Política Concelhia do CDS de Guimarães reuniu esta quinta-feira para debater, entre outros assuntos, a legalização da eutanásia aprovada na semana passada na Assembleia da República.

Em comunicado, Nuno Vieira e Brito esclarece que “o CDS de Guimarães lamenta a aprovação da legalização da eutanásia pelo Parlamento, por rejeitar, por um lado, que a solução para a doença e o sofrimento seja a morte provocada por um terceiro, ainda que a pedido e, por outro lado, por entender que a experiência dos poucos países que a contemplam é manifestamente negativa”.

Para o CDS de Guimarães, “a questão está longe de estar esgotada ou sequer esclarecida”, e, por isso, promoverá uma discussão sobre a matéria, “permanecendo ao lado de todos quantos ainda não desistiram de a tentar travar”.  

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?