CDS-PP: TELMO CORREIA QUESTIONA GOVERNO SOBRE O ATRASO NA ABERTURA DA UDIC

O deputado questionou a ministra da Saúde acerca do atraso na abertura do espaço do Hospital da Senhora da Oliveira. Sala de hemodinâmica está pronta desde outubro do ano passado.

© Mafalda Oliveira/ Mais Guimarães

O deputado Telmo Correia, eleito para a Assembleia da República pelo distrito de Braga nas últimas eleições legislativas, questionou a ministra da Saúde, Marta Temido, sobre a razão para o atraso na emissão de pareceres necessários para a abertura Unidade de Diagnóstico e Intervenção Cardiovascular (UDIC) do Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Pronta desde outubro do ano passado, a UDIC continua sem funcionar e representa um custo de 2,5 milhões de euros de investimento por mecenas. Um ano depois, falta “o ultimar dos pareceres que duas entidades, a ARS Norte e a ACSS [Administração Central do Sistema de Saúde], têm de emitir” para que a unidade, onde doentes que sofreram enfartes poderão ser tratados, comece a funcionar, dizia Marta Temido em março último, numa audição parlamentar na Comissão de Saúde, respondendo ao deputado do PS Luís Soares.

Na altura, a ministra da Saúde acrescentou que a unidade “não corresponde exatamente ao desenho inicial da rede de referenciação para esta área”, mas que tal não era motivo para não se resolver “o problema”.

Na última Assembleia Municipal de Guimarães foi aprovada, por unanimidade, uma moção que apela ao Ministério da Saúde que autorize a abertura da unidade de hemodinâmica do Hospital da Senhora da Oliveira.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?