CERCA DE 500 PEIXES RETIRADOS MORTOS DO RIO AVE

 

Esta quinta-feira, dia 27 de setembro, foram encontrados à volta de 500 peixes na ribeira da Agrela, um afluente do rio Ave, na freguesia de Barco. Suspeita-se de um atentado ambiental, devido a uma descarga.

No local esteve a equipa de mergulho dos Bombeiros Voluntários das Taipas. A recolha dos peixes mortos terminaram às 20h00 de quinta-feira, mas deverão ser retomadas esta sexta-feira, 28.

Os animais retirados foram entregues pela corporação das Taipas ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) de Guimarães da GNR. A entidade tomou conta da ocorrência, em que a investigação tem como objetivo identificar os autores deste atentado ambiental.

Os Bombeiros Voluntários das Taipas foram alertados para procederem à recolha de todos os peixes mortos que conseguiram encontrar e, no final, o balanço ultrapassou a centena. No local, estiveram três elementos e um veículo que compunham uma equipa de mergulho da corporação taipense.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?