Cidade de Guimarães “numa fase de claro descontrolo das cadeias de transmissão”

Guimarães está na lista de municípios que merecem “especial atenção da administração regional de saúde”, juntamente com Vizela, Porto, Vila Nova de Gaia, Gondomar e Matosinhos. Havendo 111 surtos ativos na região, pode avançar a aplicação de semáforos sanitários ou mapas de risco.

Gustavo Tato Borges, Vice-Presidente da Associação Nacional de Saúde Pública, afirmou esta sexta-feira, 23 de outubro, no Jornal da Tarde da RTP, que estes e outros concelhos são locais onde “o aumento de casos tem sido substancial nos últimos tempos”. “Estamos numa fase de claro descontrolo das cadeias de transmissão e numa situação que pode vir a piorar drasticamente na região norte, se mais medidas não forem tomadas”, acrescentou.

De 30 de outubro a 3 de novembro está decretada a proibição de circulação entre concelhos, mas, para o especialista, “precisamos que as pessoas deixem de ter mobilidade não só nesse feriado”. Gustavo Tato Borges referiu ainda o recolher ao domicílio, obrigatório em Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras, que “deverá ser estendido a mais concelhos na região norte”. O objetivo destas medidas é “ter um maior domínio sobre as cadeias de transmissão que, neste momento, estão, claramente, em roda livre”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?