Clubes e Associações desportivas com apoio de 1,5 milhões de euros

Do valor global aprovado esta segunda-feira, dia 25, em reunião de Câmara, 468 mil euros são destinados ao apoio à formação e 651 mil euros para dotar os clubes de melhores condições desportivas.

Foi aprovado ainda um subsídio de 270 mil euros ao Vitória SC para a edificação de um miniestádio, estando previsto que a verba seja entregue em três tranches anuais de 90 mil euros, de 2021 até 2023. O Município de Guimarães vai apoiar ainda a construção de novos sintéticos para o GD Panteras de Matamá, GD Longos, Os Sandinenses, a ACRD Nespereira e o Centro Desportivo de Pinheiro/Junta de Freguesia.

Segundo o vereador do desporto, Ricardo Costa, o município mantém este “apoio financeiro aos clubes num período delicado, devido à situação de pandemia, mesmo com a atividade suspensa. O Município reconhece as dificuldades dos clubes e estes apoios servem para prepararem a retoma da atividade desportiva dos nossos jovens”.

A proposta que foi aprovada “não traduz reforço algum.”

Ricardo Araújo, do PSD

Ricardo Araújo, vereador do PSD, na reunião de Câmara, lembrou que, “em setembro, propusemos ao município a necessidade de criação de um programa extraordinário de apoio ao desporto, em função das dificuldades que os clubes e associações desportivas em Guimarães estão a sentir, resultante da pandemia.”

Para Ricardo Araújo, a proposta que foi aprovada “não traduz reforço algum. A proposta de apoio, o volume financeiro é exatamente o mesmo do ano passado.” No entendimento do vereador, “os clubes e as associações desportivas de Guimarães estão a passar por uma situação de extraordinária dificuldade, em virtude da diminuição das receitas que estão a assistir. E entendemos que o município devia dar um apoio maior às associações e clubes desportivos.”

O vereador referiu ainda que “da mesma forma qua a Câmara aumentou em 2020, em 60% o apoio que foi dado à régie-cooperativa Tempo Livre, no mínimo, nós achávamos que, em relação aos clubes e associações desportivas, se não fosse um aumento na mesma ordem de grandeza, pelo menos um sinal seria extremamente necessário para apoiar os clubes nesta hora de dificuldade. É por isso que nós ficamos desiludidos”, terminou Ricardo Araújo.

Respondendo às críticas do vereador da oposição, Ricardo Costa referiu ser “demagógico fazer a comparação entre aquilo que foi o reforço do apoio à Tempo Livre e o não aumento dos apoios aos clubes. O que eu pergunto é: Será que o Sr. Vereador Ricardo Araújo queria que despedíssemos pessoas na Tempo Livre, que encerrássemos toda a atividade desportiva, que fechássemos o Multiusos, que fechássemos os pavilhões, que gerássemos aqui o caos”, questionou o vereador do desporto.

Para Ricardo Costa, o município, tendo 95% de participação social nesta cooperativa, tem por isso “tem uma responsabilidade maior”.

Quanto ao não aumento dos apoios aos clubes, o vereador do desporto defende que “o que município fez, foi dar um sinal claro de responsabilidade e de apelo para que os clubes se mantenham em atividade quando puderem e, para isso, financiou da mesma forma apoio à formação, manteve este apoio, mesmo sabendo que há clubes que têm neste momento a atividade suspensa, e com isso também menores despesas associadas.”

Quanto aos apoios à formação desportiva aprovados, serão distribuídos da seguinte forma: Vitória Sport Club, 120 mil euros; Moreirense Futebol Clube, 20 mil; Clube Desportivo Xico Andebol, 17 mil e quinhentos, e também igual valor para o Guimagym.

O CART receberá 15 mil euros tal como o Futebol Clube os Piratas de Creixomil. São sete as instituições desportivas que receberão 12 mil e quinhentos euros: A Casa do Povo de Fermentões; o Guimarães Rugby Union Football Club; o GDR “Os Amigos de Urgeses”; o Brito Sport Clube; o CCD Desportivo de Ronfe; o GCD Águias Negras Tabuadelo, e o Centro Social e Paroquial de Candoso.

Ao Pevidém Sport Clube será atribuído o montante de 10mil euros, tal como ao GD União Torcatense, aos Os Sandinenses GD, ao RCClube Desportivo de Ponte, GRCD Candoso Santiago,  GRC Aldão, União Desportiva de Polvoreira , ACD Ases Santa Eufémia, Clube de Caçadores das Taipas e ao Grupo Desportivo de Selho.

Do apoio de sete mil e quinhentos euros beneficiarão a Associação Juvenil de Karaté Portugal, o Salgueiral – SARC e a União Desportiva de Airão.
A Academia de Patinagem de Guimarães receberá 6 mil, como a Associação Cultural e Recreativo Lordelo.

Com 5 mil euros surge a JUNI e o Clube Ténis de Guimarães.
Metade desse valor será atribuído à GTeam – Guimarães Football Club, ao UCRD de Guardizela , ao Centro Social de Brito, Clube de Ténis de Mesa das Taipas e ADC KFT Guimarães.

O GD Unidos do Cano, o NKSG – Núcleo Karaté Shotokan Guimarães, Núcleo de Atletismo das Taipas, Clube Rope Skipping das Taipas e ACRD Nespereira foram contemplados com 2 mil euros.


A ARCAP com Mil e quinhentos euros e com mil euros o Clube de Ténis das Taipas, o Grupo Desportivo Panteras de Matamá, o Clube Desportivo de Guimarães e ainda o Futebol Clube Prazins e Corvite.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?