COLIGAÇÃO QUESTIONA APOSTA NA VITRUS

O vereador Monteiro de Castro questionou o recurso à Vitrus para os serviços de limpeza e recolha de resíduos no concelho.

Em discussão nos pontos 15 e 16 da ordem de trabalhos da reunião camarária, os contratos de aquisição de serviços com a Vitrus foram questionados pela oposição, com a subida dos preços a ser um dos fatores em destaque.

De acordo com o vereador Monteiro de Castro: “entendemos que o valor de mercado não é este, deveria haver consulta às empresas que prestam esses serviços”.

A limpeza dos edifícios está avaliada, para este ano 2019, em cerca de 312 mil euros, sendo que em 2018 foi de 250 mil e, em 2017, 148 mil. Já a limpeza das vias públicas também vai ser ter um valor mais elevado, fixando-se nos 70 mil euros, sendo que em 2018 foi de pouco mais de 36 mil.

Domingos Bragança defende que a Vitrus “é uma empresa eficiente e motivada e que está virada para as preocupações do município”, merecendo por isso uma aposta no seu trabalho e nos seus serviços.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?