Conclusão dos trabalhos ambientais na margem da ribeira da Agrela

“Após seis manhãs de trabalhos com quatro voluntários da Brigada Verde e operacionais da junta de freguesia, deu-se por concluída a ação de remoção de excesso de vegetação e de lixo, na margem da ribeira da Agrela e na zona do moinho das Fontaínhas”, faz saber a junta de freguesia de Caldelas.

Foram retirados cerca de 1.000 litros de plásticos, um tanque de lavagem manual, um lavatório, uma sanita, sete pneus, três dezenas de garrafas de vidro, roupa e pedaços de tijoleira. “É importante salientar que nas ações promovidas pela Brigada Verde há o cuidado de garantir o destino correto do lixo e a sua valorização.”

A junta de freguesia refere ainda que foram tratadas espécies invasoras, como os espanta-lobos e 19 mimosas. As tintureiras foram arrancadas, mas a erva-da-fortuna, dada a enorme infestação, não foi possível retirar-se por completo.

Cerca de oito cargas de trator foram ainda removidas com os restos da vegetação que será encaminhada para trituradores, que produzem estilha. Do leito da ribeira tiraram-se troncos de árvores caídas.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?