CONSELHO VITORIANO PEDE “ENVOLVIMENTO DOS SÓCIOS” COM “SERENIDADE” E “DEDICAÇÃO”

O Conselho Vitoriano pronunciou-se acerca da demissão de Júlio Mendes e da direção do Vitória. Em comunicado emitido esta quinta-feira, apela-se ao envolvimento dos sócios, com “serenidade” e “dedicação”.

De acordo com o documento, o Conselho Vitoriano comunicou à Mesa da Assembleia Geral a necessidade de eleições com a “maior brevidade possível”, justificando que “face à atual situação”, isso “seria da maior importância”.

“O VSC é um clube com uma longa história, da qual nos orgulhamos, mas continua a ser, fundamentalmente, um clube com futuro. Nestes quase 100 anos de história resistimos, enquanto coletivo sólido, a crises desportivas, financeiras, diretivas, pois somos um clube com uma identidade forte. Resistir, como resistimos, ao poder tentacular dos clubes ditos grandes é uma prova de que a nossa matriz fortemente identitária constitui o nosso património mais precioso e a garantia de que o nosso futuro é uma inevitabilidade capaz de ser resiliente aos momentos mais difíceis que, pontualmente, possamos atravessar”, referem no comunicado, acrescentando que o “próximo ato eleitoral deve ser encarado como um novo fôlego na história centenária comum”.

O Conselho Vitoriano apela ainda à união dos sócios do clube neste momento, bem como ao seu envolvimento.  “Apelamos ao envolvimento construtivo dos sócios do VSC nesta nova etapa do clube, com a serenidade, elevação e dedicação que o nosso clube a todos deverá merecer. Caberá assim aos vitorianos, sem exceção, a responsabilidade de se comprometerem de forma ativa e positiva no futuro do nosso clube, com o sentido de responsabilidade de legarmos intacta às próximas gerações a paixão que a nós nos legaram”, concluem.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?