CONVÍVIO CONTINUA A CONTAR COM APOIO DE 150 MIL EUROS POR PARTE DA CÂMARA

A Associação Convívio pode continuar a contar com 150 mil euros da parte do município. Depois de aprovada na última reunião do executivo a atribuição do subsídio, a ser entregue no ato da escritura, foi esta semana novamente aprovado, por unanimidade, que o mesmo valor fosse entregue mas para que seja possível exercer direito de preferência.

Com o imóvel já vendido à empresa Belos Ares, por 370 mil euros, o Convívio deverá avançar com uma ação para exercer o direito de preferência. Para tal, a Associação necessita de dispor da totalidade desse valor (370 mil euros) e, em reunião de Câmara, foi aprovado por unanimidade que o município mantenha o subsídio de 150 mil euros para esse efeito.

Para Ricardo Araújo, vereador do PSD, “o que está agora em causa é a atribuição do subsídio mas antecipar o pagamento”, revelando que o sentido de voto da oposição seria favorável. “Importa registar que, no nosso entendimento, o Convívio desempenha um papel fundamental na cultura vimaranense e mais do que respeito, merece uma valorização do seu papel”, afirmou Ricardo Araújo.

Domingos Bragança explicou ainda que as associações podem contar com a Câmara, mas que esta é uma situação de excecionalidade. “Nós atendemos ao pedido que o Convívio nos fez,numa situação de excecionalidade. Depois fomos informados que o pagamento no ato da escritura não era possível, tinha de ser no exercício do direito de preferência, até numa ação judicial. Sendo a proposta improcedente, a associação devolverá obviamente esse valor”, admitiu o presidente do executivo.

César Machado, presidente do Convívio, marcou presença na reunião e no final, no período destinado às intervenções públicas, agradeceu o apoio do município.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?