CONVÍVIO E SANTA CASA UNEM ESFORÇOS PELA CULTURA

©  Mafalda Oliveira/Mais Guimarães

A realização conjunta de atividades culturais, sociais e pedagógicas é o principal objetivo da parceria oficializada esta manhã entre a associação Convívio e a Santa Casa da Misericórdia de Guimarães. A primeira ação conjunta entre as duas entidades deverá acontecer na Igreja da Misericórdia, após o término das obras de restauro da mesma.

As duas entidades vimaranenses já trabalharam em conjunto nos Convívios Internacionais de Música de Guimarães, com a realização de concertos precisamente na Igreja da Misericórdia. Na oficialização da parceria, Eduardo Leite, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães, explicou que se trata de um “protocolo lógico, no sentido de abertura à comunidade”. “A Santa Casa da Misericórdia fez algumas experiências, na abertura e encerramento dos Concertos Internacionais de Guimarães. Queremos multiplicar isso por muitas outras coisas e que esta parceria seja muito importante para as instituições e, sobretudo para os vimaranenses, proporcionando eventos de qualidade”, frisou.

César Machado, presidente da direção do Convívio, sublinhou ainda que uma das alíneas do protocolo prevê a possibilidade de se realizarem intercâmbios para a realização de estudos entre as duas instituições, bem como de ações de formação e pedagógicas para o meio artístico. “Com os Convívios Internacionais de Guimarães, tivemos um dos concertos com a igreja completamente cheia. Era um concerto por uma orquestra, com jovens músicos da região e a experiência foi inesquecível para eles. Foi possível na sequência de uma ação de vários dias que enriqueceu quem participou. Este tipo de ações que enriquecem quem já está em processo de criação artística e de maior relevância no sentido de acrescentar, criando parcerias novas”, frisou.

Para César Machado, desta parceria pode resultar uma união de esforços que nos permita realizar em colaboração com outras entidades. “Ambos tivemos o cuidado de dar a conhecer ao município que iríamos realizar esta parceria, de modo a realizarmos iniciativas diversas da área cultural. Não é nenhum movimento associações. São associações em movimento”, explicou.

Primeiro ato em parceria celebrará restauro da Igreja da Misericórdia

Segundo o protocolo, a promoção de iniciativas e projetos culturais conjuntos tem em conta “as competências e vasta tradição do Convívio na promoção e organização de iniciativas nesta área e a vontade e preocupação da Santa Casa de intervir, participar e de realizações desta natureza, tirando partido dos meios, património e espaços de que dispõe, em particular da Igreja da Misericórdia”.

As obras de restauro, já em curso, que deverão terminar no início do próximo ano, “muito irão melhorar as suas condições”, garante o provedor da Santa Casa da Misericórdia De Guimarães. “Começamos pela porta, que está a ser restaurada. As obras vão permitir uma melhoria significativa do seu interior em todo a parte do aspeto, para que tenhamos um palco mais apetecível para qualquer tipo de intervenção”, acrescentou.

“Pela altura de natal, ou em janeiro, já podermos apresentar coisas muito simpáticas para a cidade. Tenho a certeza que iremos começar com qualquer coisa grande”, garantiu Eduardo Leite. Já para César Machado, “o restauro da Igreja merece uma marca”. “Iremos marcar esse momento feliz com um conjunto de iniciativas muito felizes”, avançou.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?